Mora no Rio de Janeiro e está cansado de ficar escutando palpite de corretor, que muda de opinião a cada novo empreendimento lançado? Chegou o site que fala a verdade acerca dos imóveis lançados no Rio de Janeiro, sem intenção comercial nenhuma e completa isenção. Aqui a verdade é uma só, e não muda de acordo com interesses comerciais. Aqui a Verdade é imutável, eterna e imóvel! Venha conhecer de verdade o que vale a pena ou não comprar no Rio de Janeiro, seja para morar, seja para investir.

Busque a Verdade Imóvel sobre

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

The City Business District (PDG e AGER)


Atualização 22/11/2013:

As incorporadoras conseguiram reverter o quadro desfavorável oferecendo condomínio e IPTU grátis por 2 anos para os compradores, dando segurança para os investidores. 
Além disso, a maciça campanha de marketing na televisão ajudou muito para a obtenção das 420 vendas (das 654 unidades lançadas).



Endereço: Av Embaixador Abelardo Bueno – Barra da Tijuca

Ficha técnica:

Incorporadora: PDG e AGER

Construtora: PDG

Empresa de venda: Brasilbrokers, Patrimóvel e PDG Vendas

Finalidade: Comercial


Área do terreno: 97.280 m²
Área da 1ª fase do terreno: 24.665m²

Numero de blocos da 1ª fase: 5 Blocos  

Numero de unidades: 1.104

    • The Office – Edifício Berlim: 379 unidades de 20 a 43 m²;
    • The Office – Edifício Paris: 344 unidades de 20 a 43 m²;
    • The Office – Edifício Tóquio: 310 unidades de 20 a 43 m²;
    • The Corporate – Edifício Manhattan: 34 unidades de 452 a 735 m²
    • The Frontlake Mall: 37 unidades com 5.000m² de lojas
Vaga de garagem: 1 por unidade no The Offices; 340 vagas no The Corporate; 133 vagas no Mall.

Preço: a partir de R$ 250.000,00 (estimado)

Preço por m²: R$ 12.500,00/m² (estimado)

Tem stand? Sim

Com decorado? Sim

Lançamento: setembro de 2013

Site Oficial: http://www.pdg.com.br/the-city



Consertamos o problema, pode inscrever seu email no box abaixo:




Verdade Imóvel



               


The City... O nome não é em vão. O empreendimento é composto por 14 blocos e aproximadamente 5 mil unidades. É um dos maiores empreendimentos já vistos no Rio. É uma verdadeira cidade.

Na primeira fase 5 blocos serão lançados com 1.104 unidades.
Agora para iniciar um parecer, temos que voltar no tempo e desembarcar no ano de 2011, quando houve um estouro de salas lançadas no mercado. Foram, segundo a ADEMI-RJ, quase 25 mil unidades lançadas. Dessas, 3.000 foram lançadas na Abelardo Bueno.
Sucesso absoluto de vendas. Praticamente 100% dessas salas hoje estão vendidas e com grande valorização do m².
Então vale a pena investir no The City? O mercado continuará respondendo de forma positiva? Resposta: Não! E por quê?
Porque essas 3 mil salas na Abelardo Bueno já estão sendo entregues. O ciclo de obras termina em 2014 e uma enxurrada de salas estará disponível para locação.
O primeiro foi o Dimension, empreendimento da Odebrecht entregue a 5 meses e ainda esta praticamente todo vazio. O que o investidor-proprietário do Dimension percebeu é que não está nada fácil locar sua sala e o preço que ele esperava locar está longe do real. Esse sentimento será ampliado conforme as demais obras na região forem sendo entregues.
O lado positivo é que temos as Olimpíadas chegando e que, provavelmente, muitas dessas salas serão locadas para envolvidos no mega evento.
Voltando para o The City, o que penso é o seguinte (para bom entendedor, pingo é letra): O mercado já está superofertado com as unidades que ficarão prontas até o fim do ano que vem.
Outro ponto relevante: não se esqueçam que ainda há o projeto do Porto Maravilha no centro da cidade com uma capacidade maior de atrair os investidores.
Enfim, parece ser um excesso esse produto aqui.


Classificação para investidor: $

Classificação para cliente final: Q
Localização:


Visualizar The City Business District em um mapa maior

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a prefeitura, que deu uma enrabada bonita com o ITBI dessas salas. Nego pagou 250 e calcularam o ITBI sobre 500.

      Excluir
  2. Dessa vez estou de pleno acordo. Um amigo comprou duas salas no Dimension, uma durante as obras com a construtora e a segunda de um 'investidor'. Na segunda pagou 250 mil (29 m² - 8600 o m², praticamente pronta). Conseguiu alugar as duas, mas onde pediam 2000, ele pediu 1500. E alugou prontinha, com piso, ar central (lá é agua gelada, muito mais caro que split), pintada, bem bonitinha.
    Tá recebendo uns 0,5% de retorno ao mes, muito melhor deixar bem aplicado. Imagina quem vai receber sala daqui a uns anos, com a economia naufragando. Vai escorrer sangue !

    ResponderExcluir

Conte a sua Verdade